sexta-feira, 21 de outubro de 2016

BREGÃO LOTAÇÃO! O MELHOR PROGRAMA BREGA AO VIVO 




#BregãoLotação+ForrozãoClubedoCoqueiro


Alô Família Bregueira, Neste Sábado dia 22 de Outubro a Caravana do Clube do Brega Juntamente com Michael Morais estaremos Realizando mais uma Super Festa no Clube do Coqueiro no Sítio Trapiá em Frente a Fazenda de Zé Bolacha Zona Rural de Apodi.


Os Nossos Bregueiros e Bregueiras de Plantão estão mais uma Vez intimados para Curtir o Melhor do Bregão Lotação ao Vivo, o Programa mais Itinerante do Rádio tem a Transmissão da Rádio Vale do Apodi a partir das 14h00min até ás 18h00min ao Vivo.
Junte sua Galera e Venha Curtir mais um Sabadão com o Melhor do Bregão e o Melhor do Forrozão.

Você não Pode Perder a Caravana do Clube do Brega e muito Forró com Michael Morais de Volta no Clube do Coqueiro no Sítio Trapiá – Apodi.

Organização: Michael Morais.





SUSPEITO DE ASSALTOS NAS CIDADES DE AREIA BRANCA E MOSSORÓ É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR 




Equipes da Companhia de Polícia Militar de Areia Branca, prenderam na manhã de hoje, 21 de outubro, Paulo Sávio de Oliveira Neto, de 21 anos de idade, acusado de uma série de assaltos, nas cidades de Areia Branca e Mossoró. O jovem estava escondido num hotel na praia de Upanema, em Areia Branca.


No memento da prisão, Paulo estava com um revólver calibre 32, com a numeração raspada e a motocicleta roubada na tarde de ontem em Mossoró. 


Ele estava acompanhado com uma Adolescente de 17 anos, que também foi conduzida a Delegacia, juntamente com a gerente do hotel, que segundo a polícia, vai responder pela hospedagem ilegal de menor, prevista no artigo 250 do Estatuto da Criança e do Adolescente “Eca”.
Paulo Sávio foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, com o agravante da numeração raspada e pelo roubo da Motocicleta. 


Segundo o Cap. Almeida, comandante da Cia de Polícia de Areia Branca, Paulo Sávio é um velho conhecido da polícia, e responde por vários crimes na justiça estadual.

FONTE: OCamera.com.br



BANDA GRAFITH NA ABERTURA DA FESTA DA PADROEIRA EM FELIPE GUERRA





IMPERDÍVEL!!



MINISTRA CÁRMEN LÚCIA VISITA PENITENCIÁRIA FEDERAL DE MOSSORÓ/RN 




Motivo da visita ainda não foi informado pelo STF nem pelo CNJ.  Ministra é acompanhada pelo juiz federal Orlan Donato Rocha.


A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) desembarcou na manhã desta sexta-feira (21) no aeroporto de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.
Carmen Lúcia irá visitar as instalações da Penitenciária Federal existente na cidade. Ela é acompanhada pelo juiz Orlan Donato Rocha, da 8ª Vara Federal do RN.


O motivo da visita ainda não foi divulgado pelo STF nem pelo CNJ. Quando sai do presidio Federal em Mossoró ela conversou com a impresa.

FONTE: O Câmera – Imagens: Marcelino Neto



LULA PEDE RESPEITO A INVESTIGADORES DA OPERAÇÃO LAVA JATO




O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou um vídeo na noite desta sexta-feira (21) em sua página do Facebook para mandar um recado para aqueles que o acusam de corrupção, em especial para a força-tarefa da Operação Lava Jato.
“Uma pessoa que faz a acusação que está sendo feita sobre mim, no fundo no fundo, ele está imaginando que se ele estivesse no meu lugar ele faria o que ele pensa que eu fiz”, disse.


No momento mais incisivo do vídeo, Lula deixa a entender que seu recado é para o juiz Sérgio Moro.
“Não sejam refém da imprensa, não sejam refém da imprensa. Vocês têm estabilidade no emprego e não é para ser refém da imprensa porque é pouco inteligente alguém dizer que para condenar alguém eu preciso da imprensa. Eu quero saber se você investigou e se você tem prova. (…) Se você não fez isso eu peço que pare, pense e mude de comportamento”. O magistrado já disse várias vezes que para Operação Lava Jato dar certo é necessário o acompanhamento diário da imprensa.
Ao terminar o vídeo, Lula diz: “Me respeitem para que eu possa respeitar vocês”.

FONTE: Fórum – NoMinuto.com



COLAPSO ATINGE FUNCIONÁRIOS TERCEIRIZADOS E O CAOS SOCIAL ESTÁ POR VIR NO RN 




O colapso financeiro que atinge do Estado deve gerar caos social com a demissão de centenas de pais e mães de família. 
É que a maioria das empresas terceirizadas não aguentam mais bancar meses de atraso. O problema foi exposto na UERN e os ASGs, vigias e demais funcionários vão paralisar em todos os campus da Universidade, prejudicando alunos, professores e o próprio patrimônio público da instituição. 


A Fundação José Augusto (FJA), que não pagou nenhum mês das terceirizadas este ano, também vai sofrer consequências com paralisação dos funcionários na próxima semana, situação que deve ser estendida a outras Secretarias e órgãos estaduais.
Há seis meses sem receber da UERN, a empresa terceirizada que administra os funcionários não tem mais como arcar com os custos. 
Para piorar a situação, o reitor da UERN informou que não há previsão de recursos para 2017. Já tem até liminar judicial em favor da empresa Solaris, determinando o bloqueio das contas estaduais, para pagamento dos funcionários, mas a decisão ainda não foi cumprida. 


A empresa também está coberta por decisão judicial para paralisar atividades sem que venha a ser responsabilizada. O problema se repete na FJA e em outros órgãos públicos vinculados ao Governo do Estado.

FONTE: RN Verdade





quinta-feira, 20 de outubro de 2016

CUNHA É EXCLUÍDO DE GRUPO DO PMDB NO WHATSAPP 




Logo após a notícia de sua prisão, na tarde da quarta-feira, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi excluído do grupo de WhatsApp formado pela bancada do PMDB na Câmara. Apesar de ter tido o mandato cassado há mais de um mês, o peemedebista ainda era membro do grupo no aplicativo.
Segundo relatos de parlamentares do PMDB, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), administrador do grupo, excluiu Cunha às 13h35, cerca de meia hora depois da prisão e após saber que a PF havia apreendido o celular do ex-deputado.


Com a exclusão, os investigadores não terão mais acesso às novas conversas da bancada, embora possam ver debates anteriores, de quando Cunha ainda era membro do grupo.
Correligionários do ex-deputado também evitaram comentar a prisão no grupo da bancada no WhatsApp. De acordo com relatos de parlamentares peemedebistas, o assunto foi pouco falado nas conversas do grupo. Os deputados do partido optaram por comentar o tema em conversas reservadas no aplicativo ou em ligações telefônicas.
Eduardo Cunha foi preso preventivamente por volta das 13 horas dessa quarta-feira, no apartamento funcional da Câmara em que morava em Brasília. A ordem de prisão foi dada pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as investigações da Operação Lava Jato na primeira instância. De Brasília, foi levado para Curitiba, onde Moro atua.

FONTE: NoMinuto.com



CABO DA PM E MAIS CINCO SÃO PRESOS POR MONTAR FALSA BLITZ NO RN 




Grupo foi detido na noite desta quarta-feira (19) em Maxaranguape. Coletes da Polícia Civil, fardas da PM e cinco armas foram apreendidos.
Um cabo da Polícia Militar e outras cinco pessoas foram presos na noite desta quarta-feira (19) suspeitos de estarem realizando uma falsa blitz e extorquindo dinheiro de moradores no distrito de Dom Marcolino, no município de Maxaranguape, litoral Norte do estado.


Além dos detidos, foram apreendidos o carro da PM que o cabo estava usando, coletes e fardas policiais, cinco armas de fogo e cones que foram utilizados na fiscalização montada pelo grupo. O cabo foi identificado como Jailson Félix de Lima, lotado da cidade de Lajes, na região Central potiguar. Ele tem 16 anos de corporação.
Segundo o delegado Natanion de Freitas, um dos titulares da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, a barreira foi montada por volta das 15h. “Todos estavam vestidos com roupas de policiais, extorquindo dinheiro das pessoas que eram paradas nessa falsa blitz. O grupo foi denunciado e a PM de Maxaranguape foi averiguar o que estava acontecendo. Ao verificarem que se tratava de uma fiscalização irregular, os policiais trouxeram o grupo e todo o material que estava com eles aqui para a delegacia”, relatou.


Ainda de acordo com o delegado, o cabo da PM preferiu ficar calado. “Ele invocou o direito constitucional de ficar em silêncio e só vai falar em juízo. Os seis foram autuados por extorsão e associação criminosa, e todos também irão responder por porte ilegal de arma de fogo”, acrescentou Natanion.
O G1 tentou falar com a assessoria de comunicação da PM e com o comandante geral da corporação, mas não conseguiu contato.

FONTE: G1 - OCamera.com.br



PROGRAMA CLUBE DO BREGA ANIMA AS TARDES DE SÁBADO DOS OESTANOS 




#BregãoLotação+ForrozãoClubedoCoqueiro


Alô Família Bregueira, Neste Sábado dia 22 de Outubro a Caravana do Clube do Brega Juntamente com Michael Morais estaremos Realizando mais uma Super Festa no Clube do Coqueiro no Sítio Trapiá em Frente a Fazenda de Zé Bolacha Zona Rural de Apodi.


Os Nossos Bregueiros e Bregueiras de Plantão estão mais uma Vez intimados para Curtir o Melhor do Bregão Lotação ao Vivo, o Programa mais Itinerante do Rádio tem a Transmissão da Rádio Vale do Apodi a partir das 14h00min até ás 18h00min ao Vivo.
Junte sua Galera e Venha Curtir mais um Sabadão com o Melhor do Bregão e o Melhor do Forrozão.

Você não Pode Perder a Caravana do Clube do Brega e muito Forró com Michael Morais de Volta no Clube do Coqueiro no Sítio Trapiá – Apodi.

Organização: Michael Morais.



MPF INGRESSA COM AÇÃO DE IMPROBIDADE CONTRA PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PENDÊNCIAS/RN




O Ministério Público Federal (MPF) em Assu ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Pendências, Ivan de Souza Padilha. 
O gestor é acusado de contratar por três vezes – uma delas sem licitação – empresa para fornecimento de combustíveis (gasolina, óleo diesel e lubrificantes) para os veículos do Município, em 2012 e 2013, com preços acima do mercado e em quantidades muito superiores às necessárias.


Ao todo, o prejuízo aos cofres públicos foi calculado em R$ 476.381,02, levando-se em conta apenas a diferença entre os valores pagos e o preço médio dos combustíveis no estado. Porém, além do sobrepreço, as investigações apontaram que a quantidade adquirida era muito superior à demanda, pois dividida pelos “carros de passeio” da frota municipal representaria mais de 22 mil litros por ano, para cada um.
O procurador da República Victor Queiroga é autor da ação que revela, além do sobrepreço e da compra de quantidades acima das necessárias, a utilização indevida de recursos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar – Pnate, que deveriam ser investidos exclusivamente no transporte de estudantes e não para abastecer toda frota da prefeitura.
Sobrepreço – No Pregão n.º 02, de 2012, o prefeito adotou pregão presencial, quando deveria adotar a modalidade eletrônica (que facilitaria uma maior concorrência) e promoveu pesquisa mercadológica com apenas dois fornecedores, problemas que se repetiram no Pregão 01, de 2013 e na Dispensa 02, também de 2013. Nas três ocasiões, o volume de combustíveis contratado estava muito acima da demanda e o preço superior ao do mercado.
Em 2012 foi selecionado o Posto Frei Damião Ltda., ofertando gasolina a R$ 2,87, quando a média praticada era de R$ 2,69, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP). A diferença no álcool era ainda maior (R$ 2,45 a R$ 2,20) e o sobrepreço se repetia no diesel (R$ 2,08 a R$ 2,00). Foram adquiridos 542 mil litros de gasolina, 276 mil de álcool e 498 mil de diesel, totalizando R$ 3.267.580. Pelo preço médio, a mesma quantidade teria saído R$ 206 mil mais barato.
No pregão de 2013, o mesmo posto saiu vencedor dos lotes referentes a combustíveis, novamente com preços acima da média. Foram 651 mil litros de gasolina, 304 mil de álcool e 648 mil de diesel, por R$ 4.268.350. O sobrepreço foi de R$ 256 mil. No mesmo pregão, houve ainda um lote que envolvia a compra de gás de cozinha. A empresa vencedora (Marcelo M. da Silva – ME) repassou 2.035 botijões de 13 kg a R$ 41,27, perfazendo o valor total de R$ 83.984,45.
Nesse caso, o prejuízo ao poder público, levando em conta o valor médio do botijão no Rio Grande do Norte à época, foi de R$ 3.785. Isso sem considerar que em muitos municípios do interior do estado (como Caicó, Currais Novos, Mossoró, Parnamirim e São José de Mipibu) o preço médio era ainda menor, 10,64% abaixo do valor licitado.
Enquanto promovia esse pregão, Ivan Padilha dispensou licitação para contratar o fornecimento de combustível, lubrificante, graxas em geral e outros, pelo período de um mês. O procedimento poderia ter sido evitado se houvesse o devido planejamento, porém o MPF aponta que o prefeito optou por “fabricar uma emergência” para permitir a dispensa de licitação. Das duas únicas propostas apresentadas, a do Posto Frei Damião Ltda foi a vencedora e também trouxe preços acima da média do mercado, gerando prejuízo de R$ 9.285,92.
Quantidades – Em 2012 foram licitados 1.316.000 litros de combustíveis. Já em 2013 foram 1.603.000, um acréscimo de 21,81%. A frota da prefeitura era composta de 82 veículos, dos quais 31 aparentemente poderiam utilizar o óleo diesel e os 51 restantes álcool ou gasolina, sendo nove desses motos. Desconsiderando as motos, com consumo muito abaixo dos demais, restariam 22.738 litros de álcool ou gasolina por cada “veículo de passeio”.
Tomando como média 50 litros por tanque, cada veículo teria de abastecer 454 vezes ao ano, ou seja, todos os 365 dias e em alguns até mais de uma vez. Isso sem levar em conta os feriados e os finais de semana e o fato de Pendências possuir um território de aproximadamente 20km de largura por 20km de comprimento.
Na ação, que tramitará na Justiça Federal sob o número 0800509-68.2016.4.05.8403, o MPF requer a condenação de Ivan Padilha por atos de improbidade que causam prejuízo ao erário e atentam contra os princípios da administração pública, cujas sanções incluem ressarcimento do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e proibição de contratar com o poder público.

FONTE: Focoelho.com




TESTES DA VACINA BRASILEIRA CONTRA A DENGUE CHEGAM A PERNAMBUCO 




Os testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue vão ser realizados em Pernambuco, coordenados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 
O lançamento ocorreu hoje (20) na sede da instituição. Cerca de 1,2 mil pessoas vão ser selecionadas para a terceira fase do estudo, que durará cinco anos.
Essa etapa de testes envolve 17 mil voluntários em 13 cidades nas cinco regiões do Brasil. 


De acordo com a Fiocruz os testes já estão em andamento em Manaus (AM), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), em três centros no estado de São Paulo, em Fortaleza (CE), Aracaju (SE), Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT).
A vacina, desenvolvida pelo Instituto Butantan (SP), é feita do vírus vivo, mas enfraquecido. A intenção é que a substância proteja contra os quatro tipos do vírus da dengue. O objetivo dos testes é comprovar a eficácia da vacina. Para isso, dois terços dos participantes receberão a vacina, e o restante terá acesso a uma substância com as mesmas características da vacina, mas sem efeito – o chamado efeito placebo.
No Recife, o recrutamento dos voluntários ocorrerá por sorteio, no bairro de Engenho do Meio, zona oeste do Recife, que fica próximo ao centro de pesquisas. Poderão participar dos testes pessoas saudáveis, que tiveram ou não dengue, com idade entre 2 a 59 anos. Durante o estudo os selecionados serão acompanhados por uma equipe de saúde para verificar a duração da proteção oferecida pela vacina. Primeiro serão vacinadas pessoas com idade entre 18 e 59 anos, em seguida os que têm entre 7 e 17 e, por último, os de 2 a 6 anos.


A vacina é desenvolvida desde 2008, fruto de parceria entre o Instituto Butantan e o National Institutes of Health (NIH), dos Estados Unidos, que já estudava o insumo. Testes anteriores foram realizados em 900 pessoas: 600 na primeira fase de testes clínicos, realizada nos Estados Unidos pelo NIH, e 300 na segunda etapa, realizada na cidade de São Paulo em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e com o Instituto Adolfo Lutz.

FONTE: NoMinuto.com



MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA AUTORIZA MIGRAÇÃO DE AM PARA FM A RÁDIO VALE DO APODI




O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou, ontem quarta-feira (19), a primeira lista com 144 emissoras que já estão prontas para migrar do AM para o FM.
A Abert aguarda a divulgação de outras listas para breve, totalizando um número de rádios migrantes maior que 350.


Todas as emissoras que constam da primeira lista já estão convocadas para assinar o termo aditivo em 7 de novembro, quando se comemora o Dia do Radialista. A solenidade de assinatura será no Palácio do Planalto, a partir das 10h, e terá a presença do presidente Michel Temer e do ministro das Comunicações, Gilberto Kassab.
O estado de Minas Gerais tem o maior número de emissoras aptas para a migração, com 15 rádios. Em seguida, estão as emissoras do Ceará (12), Mato Grosso (11), Bahia (11), Paraná (10), Santa Catarina (10), São Paulo (10) e Rio Grande do Norte (8), além das rádios dos demais estados constantes da lista.
As emissoras deverão confirmar presença, junto à ABERT, o mais breve possível, indicando o nome do participante, identidade e CPF, a fim de facilitar o acesso ao Palácio do Planalto e, posteriormente, ao Ministério das Comunicações, onde será  concluído o processo de assinatura.
De acordo com a lista divulgada, 48 emissoras já receberam o boleto e ainda não efetuaram o pagamento da diferença de outorga. 
A ABERT alerta que os radiodifusores interessados em assinar o termo aditivo junto ao MCTIC devem realizar o pagamento do boleto imediatamente.

FONTE: Josenias Freitas



quarta-feira, 19 de outubro de 2016

TENTATIVA DE HOMICÍDIO NO BAIRRO PAREDÕES EM MOSSORÓ/RN 




O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) registrou mais um crime de tentativa de homicídio na noite desta quarta feira 19 de outubro de 2016, em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu na Rua Dom Pedro II no bairro Paredões. 
A Vítima identificado como Thayro de Morais da Silva de 20 anos, foi alvejado com um tiro na coxa.


A vítima foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Santo Antônio e depois de receber os primeiros atendimentos médicos, foi transferida por uma ambulância do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas não corre risco de vida. A equipe da Força Tática acompanhada do Fiscal de Operações do 2º BPM, Tenente Muniz, foi até a UPA em busca de informações sobre o ocorrido e conversou com a vítima.
O Jovem disse aos policiais, que caminhava pela Rua Dom Pedro Segundo, onde mora, quando se deparou com um tiroteio e acabou sendo atingido por bala perdida.
O Tenente Muniz disse que não acredita na versão dada pelo jovem e o mais provável é que ele tenha sido vítima de um atentado.
Os Policiais da Força Tática confirmaram que estavam patrulhando pela Rua Anatália de Melo Alves, que fica vizinha a Rua Dom Pedro II e que ouviram vários disparos, mas quando chegaram ao local vítima e suspeitos já não se encontravam mais.

FONTE: Passando na Hora



CDP DE APODI GANHA APARELHO DE INSPEÇÃO ELETRÔNICA PARA REFORÇAR SEGURANÇA CARCERÁRIA 




Para ampliar a segurança do Centro de Detenção Provisória de Apodi – Agente Ronilson Alves da Silva. O Ministério da Justiça e Cidadania Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para revista eletrônica no sistema prisional. O portal fora usado na segurança dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio 2016 e foram doados para estabelecimentos penitenciários de todo o Brasil.
O pórtico - equipamento de inspeção eletrônica, já se encontra na unidade prisional e será instalado ainda essa semana.


O CDP Apodi já conta com detectores manuais de metais e uma banqueta de inspeção íntima. “A chegada desse equipamento é muito importante para nossa cidade, pois visa à eficiência das revistas, evitando a entrada de drogas, aparelhos telefônicos e armas, além de permitir a humanização no tratamento dado aos visitantes”, comentou o diretor do CDP Apodi, agente penitenciário Mario Morais.
O Centro de Detenção de Apodi conta com 70 presos cumprindo pena em regime fechado e 12 no semiaberto. A unidade é considerada tranquila e tem ganhado visibilidade no Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte pela realização de projetos, ausência de fugas, rebeliões.

FONTE: Márcio Morais



FESTA DA PADROEIRA DE FELIPE GUERRA 2016





Duas Super Festas pra Galera Curtir

IMPERDÍVEL!!



BANCO CENTRAL REDUZ JUROS BÁSICOS DA ECONOMIA PARA 14%




Pela primeira vez em quatro anos, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu hoje (19) a taxa Selic em 0,25 ponto percentual, para 14% ao ano. A decisão era esperada pelos analistas financeiros, que previam o corte dos juros a partir deste mês.


Em comunicado, o Copom informou que a reversão da alta de preços de alimentos ajudou a segurar a inflação de forma mais favorável que o esperado. No entanto, o órgão apontou riscos para conter os preços, como incertezas na aprovação de medidas de ajuste fiscal e a possibilidade de que o longo período de inflação acima do teto da meta reforce a indexação da economia, quando a inflação do passado é incorporada aos preços atuais.
A última vez em que a taxa tinha sido reduzida foi em outubro de 2012, quando o Copom tinha cortado os juros de 7,5% para 7,25% ao ano. A taxa foi mantida nesse nível, o menor da história, até abril de 2013, mas passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho do ano passado.
A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 


Oficialmente, o Conselho Monetário Nacional estabelece meta de inflação de 4,5%, com margem de tolerância de 2 pontos, podendo chegar a 6,5%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulou 8,48% nos 12 meses encerrados em setembro, depois de atingir o recorde de 10,71% nos 12 meses terminados em janeiro.
No Relatório de Inflação, divulgado no fim de setembro pelo Banco Central, a autoridade monetária estima que o IPCA encerre 2016 em 7,3%. 


O mercado está um pouco menos pessimista. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, a inflação oficial fechará o ano em 7,01%.
Até a última reunião do Copom, em agosto, o impacto de preços administrados, como a elevação de tarifas públicas, e o de alimentos, como feijão e leite, contribuíam para a manutenção dos índices de preços em níveis altos. De lá para cá, no entanto, a inflação começou a desacelerar por causa da recessão econômica e da queda do dólar. Em setembro, o IPCA ficou em 0,08%, a menor taxa para o mês desde 1998.
Embora ajude no controle dos preços, o aumento ou a manutenção da taxa Selic em níveis elevados prejudica a economia. Isso porque os juros altos intensificam a queda na produção e no consumo. Segundo o boletim Focus, os analistas econômicos projetam contração de 3,19% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos pelo país) em 2016. No último Relatório de Inflação, o BC manteve a estimativa de retração da economia em 3,3%.
A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação.

FONTE: Agência Brasil



DÓLAR VOLTA A CAIR E FECHA NO MENOR VALOR EM MAIS DE DOIS MESES 




Em queda pelo segundo dia seguido, a moeda norte-americana voltou a fechar no menor valor em mais de dois meses. O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (19) vendido a R$ 3,169, com queda de R$ 0,014 (-0,44%). A cotação está no menor nível de fechamento desde 11 de agosto (R$ 3,14).
O dólar começou o dia em alta, mas inverteu a tendência no meio da manhã. Na mínima do dia, por volta das 14h, chegou a ser vendido por R$ 3,167. A divisa acumula queda de 2,54% em outubro e de 19,73% no ano.


Como nas últimas sessões, o Banco Central vendeu hoje US$ 250 milhões em contratos de swap cambial reverso, que equivalem à compra de dólares no mercado futuro. A atuação, no entanto, foi insuficiente para conter a queda da divisa.
A cotação do dólar tem caído nos últimos dias com a proximidade do fim do prazo da regularização de ativos no exterior, também conhecida como repatriação. Até o dia 31, os brasileiros que mantêm legalmente bens e direitos no exterior podem declarar o patrimônio à Receita Federal pagando 15% de Imposto de Renda e 15% de multa, em troca da anistia de crime de evasão de divisas. A medida está provocando a entrada de recursos no país, pressionando para baixo a cotação do dólar.

Copom

O dólar também caiu por causa da expectativa de que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduza a taxa Selic (juros básicos da economia) pela primeira vez em quatro anos. Tradicionalmente, a queda dos juros diminui a entrada de capitais externos, mas a expectativa de que as taxas mais baixas sejam um indicativo de melhora na economia brasileira impulsiona o ingresso de investimentos estrangeiros no país.
No mercado de ações, o dia foi de realização de lucros, quando os investidores vendem ações para embolsar ganhos recentes. Depois de quatro sessões seguidas de alta, o índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou em queda de 0,4%, aos 63.527 pontos.





CASSAÇÃO DE CUNHA NÃO FOI SUFICIENTE PARA EVITAR OBSTRUÇÃO Á LAVA JATO, DIZ MORO




O juiz federal Sérgio Moro disse hoje (19) que a perda do mandato do ex-deputado federal Eduardo Cunha não foi "suficiente para evitar novas obstruções" às investigações da Operação Lava Jato. A afirmação está na decisão na qual o juiz decretou a prisão de Cunha por tempo indeterminado. 


O ex-parlamentar foi preso hoje em Brasília e transferido para a carceragem da Polícia Federal em Curitiba.
Ao atender o pedido de prisão feito por procuradores da força-tarefa da Lava Jato, Moro disse que Eduardo Cunha tem como "modus operandi" agir "subrepticiamente, valendo-se de terceiros para obstruir ou intimidar".
"Embora a perda do mandato represente provavelmente alguma perda do poder de obstrução, esse não foi totalmente esvaziado, desconhecendo-se até o momento a total extensão das atividades criminais do ex-parlamentar e a sua rede de influência.", disse o juiz.
Segundo Moro, há provas de que Cunha foi " beneficiário de propinas" em contratos da Petrobras, em valores depositados em contas secretas no exterior e que não foram ainda totalmente recuperados. Para o juiz, a prisão foi decretada para evitar a obstrução das investigações e impedir que ele volte a cometer crimes, além de “prevenir que o acusado se refugie no exterior com o produto do crime".
A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal, mas após a cassação do ex-deputado, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque Cunha perdeu o foro privilegiado.


Defesa

Em nota, o ex-deputado Eduardo Cunha afirmou que a decretação da prisão é uma "decisão absurda" e "sem motivação".
O documento afirma que "trata-se de uma decisão absurda, sem nenhuma motivação e utilizando-se dos argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal.
Conforme a  nota, "a referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes à outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar".
"Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão", acrescentou Cunha.

FONTE: NoMinuto.com