FM Boas Novas 87.9 Felipe Guerra RN

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Homem é morto a tiros em posto de combustíveis na RN 117 em Caraúbas, RN



Um homem de 41 anos foi morto a tiros por volta das 10h05 em um posto de combustíveis na manhã desta terça-feira (15), em Caraúbas, na região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte.
Segundo apuração da reportagem do Icém Caraúbas, testemunhas disseram à polícia que a vítima identificada como Francisco Francimar Leite da Silva, de 41 anos, conhecido como “Bá”, estava calibrando os pneus do carro no Posto de Combustível  de “Mizim”, localizado na RN 117, quando dois homens em uma moto chegaram. A vítima quando viu os atiradores correu, no entanto, foi atingida com vários tiros e caiu cerca de 30 metros, em frente ao Arena Clube. Os disparos foram de pistola 9mm e atingiram a cabeça e as costas de “Bá” que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Após o crime, os atiradores fugiram com destino ignorado. A polícia militar foi acionada e realizou diligencias, no entanto, nenhum dos atiradores foram presos e nem identificados. A Polícia Civil informou que somente fornecerá mais detalhes do homicídio assim que o caso for registrado no plantão policial. A motivação do crime é desconhecida e o caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil local, que tem como delegado titular, o bacharel Luiz Antônio.
A Polícia Militar está no local aguardando a equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), onde os Peritos do Instituto irão analisar o local para as circunstâncias do crime e depois fazer a remoção do corpo para a sede do órgão em Mossoró.


Com o assassinato de Francisco Francimar Leite da Silva, Caraúbas registra o sétimo homicídio de forma violenta este ano

Suspeito foge de viatura, pula em lagoa algemado e é preso em MT




O suspeito, identificado como Carlos Emanuel Campos Rodrigues, 27, antes de tentar escapar, também agrediu um sargento
Uma cena inusitada chamou a atenção do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar de Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (14). Um ladrão, após roubar a bicicleta de um haitiano, pulou, mesmo algemado, na Lagoa Paiaguás, no Parque das Águas, para fugir da corporação. O suspeito, identificado como Carlos Emanuel Campos Rodrigues, 27, antes de tentar escapar, também agrediu um sargento.
Em uma ronda na madrugada de hoje, os policiais cruzaram com o suspeito, relatou o G1. Horas depois, a polícia foi procurada e informada de que o homem havia roubado e agredido o haitiano. A vítima foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Pronto-Socorro Municipal.
Quando foi abordado, após a PM encontrar a bicicleta da vítima, o suspeito resistiu à abordagem e agrediu um sargento que tenta detê-lo. Já na viatura, ele conseguiu fugir e pulou na lagoa. Depois de ser capturado pelos bombeiros, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá

domingo, 13 de agosto de 2017

Cantor de banda de forró é assassinado na Paraíba e polícia suspeita de queima de arquivo



O cantor da banda de forró Beleza Pura, Cezar Gama, 32 anos, foi assassinado a tiros no início da tarde deste sábado (12), na praia Ponta de Campina, na cidade de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Três suspeitos do crime foram presos pela Polícia Militar horas depois.

De acordo com a Polícia Militar, o cantor estava na praia na companhia dos três suspeitos quando houve um desentendimento entre eles e logo em seguida dos tiros.  A vítima ainda foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade.
Logo após do crime, os três suspeitos que estavam na companhia da vítima fugiram do local, mas foram flagrados por circuito de câmera de um prédio. O serviço de inteligência da PM caiu em campo e conseguiu prender os suspeitos.

Testemunhas relataram que um dos presos seria filho de um PM. Os três suspeitos são moradores da cidade de Bayeux, assim como o cantor. A Polícia acredita que a vítima foi morta como uma queima de arquivo já que o cantor sabia que um dos suspeitos tinha praticado um assassinato recentemente. A polícia recebeu a informação de que o carro da vítima teria sido incendiado

sábado, 12 de agosto de 2017

segurança] RN atinge marca de 1.500 homicídios em 2017, diz instituto




O Rio Grande do Norte segue apresentando altos índices de crimes contra a vida. Segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa delitos dessa natureza – o estado chegou a 1.500 assassinatos registrados somente este ano. O número foi atingido nesta sexta-feira (11) e a média de vítimas por 100 mil habitantes é de 42,77.


“A violência e a insegurança são promovidas pelo próprio governo do Rio Grande do Norte, quando, para se esquivar de sua responsabilidade, insiste em criar bodes expiatórios para seus próprios erros. A prova disso é que chegamos a 1500 CVLIs (Condutas Violentas Letais Intencionais) nesses 222 dias de 2017”, critica o especialista em gestão e políticas de segurança pública Ivenio Hermes, que também é coordenador do Observatório.


Em comparação ao mesmo período do ano passado, ou seja, levando em consideração a quantidade registrada de pessoas vítimas de homicídio entre 1º de janeiro e 11 de agosto de 2016, o ano de 2017 já contabiliza um crescimento de 25,2%.


“A não ser que o governo esconda os dados da violência, 2017, indubitavelmente, já entrou para a história como o ano mais violento do Rio Grande do Norte”, atesta Hermes.


“Governo usa empirismo para resolver problema da segurança”


“Na contramão de uma gestão transparente, o governo confunde gastos de custeio e folha de pagamento com investimentos reais em segurança pública, e ainda culpa ex-secretários, ex-comandantes da PM, o governo anterior, as fronteiras, a imprensa e qualquer um que possa ser a bola da vez para receber a culpa num lugar de um governo que usa o empirismo para resolver o problema complexo que é a segurança pública”, reclama Ivenio Hermes.


Para o pesquisador, as estratégias de gestão adotadas pelo Poder Executivo são frágeis e ineficazes. “No início do mês de julho o governo divulgou uma estatística manipulada para dizer que fazia três meses que estava reduzindo a violência, como se um período de 3 meses fosse o suficiente para aferir resultados em segurança pública E a resposta veio a galope: o mês mais violento do ano, julho, apagou a afirmação do governo, o mês de agosto está servindo para mostrar o quão frágeis são as estratégias de gestão”, corroboral
Além de homicídios dolosos, entram na estatística elaborada pelo OBVIO outros crimes violentos que resultem em morte, como roubo (no latrocínio), estupro ou lesão corporal seguidos de morte. Cadáveres e ossadas encontradas e mortos em confrontos policiais também são considerados

Colete de PM baleado em tiroteio na Zona Norte de Natal estava vencido há dois anos



Troca de tiros foi registrada nesta sexta-feira (11), no loteamento José Sarney. Suspeito de tráfico que atirou contra o policial morreu no confronto.

Prazo de validade indica que colete venceu em 2015

O colete à prova de balas usado pelo sargento da Polícia Militar baleado nesta sexta-feira (11) durante uma troca de tiros na Zona Norte de Natal estava vencido há aproximadamente dois anos. O sargento Claudemir de Souza Bezerra, de 36 anos, está internado com uma bala alojada no peito, entretanto não corre risco de morte.

O tenente-coronel Zacarias Mendonça, comandante do Policiamento Metropolitano, diz não ter conhecimento de que o material estava vencido. Ele declarou que, mesmo que não esteja no prazo correto de validade para uso, o colete à prova de balas pode ter colaborado para minimizar os efeitos do disparo. De acordo com o oficial, o equipamento não perde totalmente a funcionalidade depois de vencido.

Segundo a PM, o policial foi atingido depois que a viatura em que ele estava foi alvejada por um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas no loteamento José Sarney. O suspeito também foi baleado no tiroteio e levado ao hospital, contudo não resistiu aos ferimentos e morreu.

O projétil que acertou Claudemir de Souza Bezerra transfixou o colete balístico que ele usava e atingiu seu peito. O colete, de acordo com a indicação no próprio equipamento, está vencido há dois anos. Familiares de Claudemir também confirmaram à reportagem que o material não estava dentro do prazo de validade.
O policial está internado e passa por uma drenagem. Agora ele aguarda a autorização para sua transferência de unidade hospitalar.
Coletes vencidos

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais, José Antônio Aquino, é membro do Fórum de Segurança Pública do RN e afirma que a organização procurou tomar providências quanto aos coletes balísticos vencidos dentro de cada uma das corporações que compõem o Fórum.
Segundo Aquino, os policiais federais entraram com uma ação na Justiça para obrigar a aquisição de coletes novos para a corporação. “E conseguimos. Vamos disponibilizar essa ação para as demais corporações, para que elas possam fazer o mesmo”, conta.
Ainda de acordo com José Antônio Aquino, atualmente, no Rio Grande do Norte, apenas a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal dispõem de coletes à prova de bala dentro da validade em quantidade suficiente para todos os policiais

INSS reconhecerá aposentadoria por idade

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não precisarão mais comparecer a um posto de atendimento para pedir a aposentadoria por idade. Portaria publicada no “Diário Oficial da União” no dia 28 de julho determina que haverá o reconhecimento automático do direito, a partir da verificação das informações constantes nos sistemas corporativos do INSS e nas bases de dados do governo.

O INSS então enviará comunicado aos segurados sobre a concessão do benefício. O segurado poderá então requerer a concessão do benefício por meio do número 135. Para a realização do pedido será solicitada a confirmação dos dados pessoais, como ocorre no Sistema de Agendamento.

De acordo com a portaria, o benefício poderá ser confirmado no ato ou poderá ser solicitado contato posterior para confirmação.
A data da ligação para a Central 135 será considerada como a Data de Entrada do Requerimento.
Após processamento do reconhecimento do direito, o INSS enviará comunicado ao cidadão indicando as informações sobre os dados da concessão e pagamento do benefício.
Atualmente, o reconhecimento não é automático – o segurado precisa agendar o pedido pelo 135 e deve ir até uma agência da Previdência Social para dar entrada no requerimento
Para a aposentadoria por idade o trabalhador deve ter o mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos (homem) ou 60 anos (mulher). Para segurados especiais como agricultores familiares, pescadores artesanais e indígenas, a idade mínima é reduzida em cinco anos

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Mulher é morta a pedradas no Oeste potiguar; companheiro é suspeito



Crime aconteceu no final da madrugada desta quinta (10) na cidade de São Miguel.
Uma dona de casa de 41 anos foi morta a pedradas na madrugada desta quinta-feira (10) na cidade de São Miguel, no Oeste potiguar. O corpo de Maria Neide da Silva foi encontrado estirado no meio de uma rua no bairro Alto de Santa Teresa. As pedradas atingiram o rosto e a cabeça da mulher.
Segundo o tenente-coronel Davi Cavalcanti, comandante da Polícia Militar na região, o principal suspeito é o atual companheiro da vítima, que foi levado à delegacia. Ele nega o crime.
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil
 
 
FM Boas Novas 87.9 Felipe Guerra Rio Grande do Norte