Editors Picks

sábado, 1 de outubro de 2016

APÓS ATAQUES, PRESOS DO MARANHÃO SÃO TRANSFERIDOS PARA PRESÍDIO FEDERAL EM MOSSORÓ/RN




Os 23 detentos identificados como os chefes de ataques ocorridos no estado do Maranhão foram transferidos na manhã deste sábado (1º) para o presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.


Os internos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, foram conduzidos até o Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, na capital, por volta das 7h e escoltados em viaturas do sistema prisional. No local, eles foram levados em um jato da Polícia Federal com destino a Natal, onde ficarão na unidade Federal por tempo indeterminado.


A transferência dos 23 presidiários contou com a participação de cerca de 50 agentes penitenciários distribuídos entre militares do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) e do Núcleo de Escolta e Custódia (Nec).

Ataques durante período eleitoral

Desde que os ataques tiveram início na última quinta-feira (29), ônibus, carros particulares e até escolas que iriam ser utilizadas como colégios eleitorais foram alvos de atentados.
Até o momento, cinco locais de votação tiveram que ser alterados. Por causa da onda de ataques, a Justiça Eleitoral adiou distribuição das urnas eletrônicas, que seria feita na sexta-feira (30), nos 259 locais de votação de São Luís.


O secretário de segurança do Maranhão, Jefferson Portela, assegurou a realização das eleições neste domingo. “Vamos fazer a contenção deles até a segunda-feira (3), considerando que eles têm uma pauta que nós não temos como responder que é a não realização das eleições”, disse.

FONTE: Portal G1 
Foto no Maranhão: Clayton Montelles




Nenhum comentário:

Postar um comentário